Como Começar A Construção De Uma Residência. Dicas Pra Leigos


Cinco Formas Criativas De Utilizar Escadas Verticais Pela Decoração


Como começar a construção de uma moradia. A construção de uma residência é um procedimento complexo, principlamente pros leigos no conteúdo, que invariavelmente se deparam com ocorrências inesperadas. Declaração Completa como tudo na vida, temos de “começar pelo começo”, assim, quero ofertar abaixo algumas dicas de Omo dar início a construção de uma casa ou quais os passos necessários para conceder início ao projeto. Minhas sugestões serão baseadas em minha experiência com a construção de duas residência, reforma de uma e uma tentativa frustrada de criar em um terreno que tinha. Desse jeito, apesar de ter novas dicas também, no entanto creio que os itens abaixo devam ser considerados.


Outro aspecto primordial é a preparação do terreno como a terraplenagem visando nivelar o solo para iniciar a construção. Há casos em que há a indispensabilidade de retirar terra e em outros fazer o aterramento. Esta tarefa podes ser consumada mesmo antes de começar o projeto da moradia em si ou poderá ser parte do projeto. Um detalhe muito significativo a respeito do nivelamento do terreno é que possa ser lá qual for o desnível dele, a construção deve ser feita com pelo menos cinquenta centímetros acima do grau da guia da rodovia.


Isto é preciso para permitir o escoamento da água pelas via pluviais e impossibilitar que a água da via, inclusive, venha a invadir o terreno e o espaço da sua casa. fonte verdade você vai ter necessidade de dos 2. O recomendado é você contratar um arquiteto que cuidará de todo o projeto e encaminhará pro engenheiro a parte de compete a este.


  • Giuliana Serpa

  • 2013 - 6ª edição

  • 22/02/2010 às 13:33

  • 1Earthships_Construções_Sustentáveis_CASACOR zoom_out_map

  • Conforto em quartos menores

  • 15- Cole Adesivos pela Geladeira



Cota elétrica: localização e quantidade de tomadas, interruptores, lâmpadas, tomadas 110 e 220, localização de ar condicionado, entre outros. Quota hidráulica: Canos, localização pela parede e no chão, posição de chuveiros, vaso sanitário, pias, lavanderia e outros. Também considera-se o escoamento da água, esgoto e outros. Estética: Parcela visual do imóveis com detalhes e formas arquitetônicas.


Térmica e acústica: Localização dos quartos em relação ao sol e em ligação à rodovia, além de outros mais. A documentação necessária envolve a escritura e o registro do terreno, caso você não a tenha ainda. Mais Dicas o próprio arquiteto ou o engenheiro irá providenciar junto a prefeitura a autorização para a construção mediante a observação do projeto e em seguida após o fim da obra o habite-se, que é uma autorização para ocupação do imóvel.


Matrícula do imóvel. Precisa ser requerida no cartório de registro de imóveis. de uma olhadinha aqui não existe a construção, a matrícula pertence ao terreno. O projeto devidamente determinado com o arquiteto é submetido à prefeitura para aprovação e expedição do alvará de construção. Cada prefeitura tem seus prazos e procedimentos. Expedido o alvará, você executa a construção da obra conforme acordado no projeto.


Esse documento é na verdade uma autorização da prefeitura pra você fazer a obra. Depois de concluído a obra é necessário comprar mais documentação. Desta vez é o Habite-se que uma autorização da prefeitura pra ocupação da moradia recém desenvolvida. O Habite-se é expedido após uma vistoria no imóvel pra analisar se a construção foi feita segundo o projeto aprovado. Terreno ok, projeto ok, documentação ok, desta forma é hora de colocar a mão na massa, isto é, contratar uma pessoa para fazer isso. recursos adicionais mão de obra necessária para a construção dependerá do projeto, quer dizer, você conseguirá contratar um construtor típico, bem como chamado de pedreiro ou uma organização construtora.


Normalmente o primeiro caso é mais indicado pra obras pequenas como casas simples, as construtoras cobram de maior preço, entretanto são capazes de realizar a obra de maneira mais rápida e com gerenciamento total da construção. Por dia. Por este caso você paga por dia o pedreiro e administra toda a construção. link um mecanismo recomendado apenas para pequenas obras ou quando você não tem dinheiro para fazer tudo de uma única vez. mais dicas aqui isto não é a melhor opção. Por fase. Por este caso você contrata o pedreiro ou empreiteiro para fazer cada fase individualmente, inclusive com a probabilidade de contratar pessoas diferentes pra etapas diferentes.


A título de exemplo: um pedreiro pra fazer a alvenaria, um carpinteiro para fazer o telhado, um eletricista pra fazer a parte elétrica, em encanador para fazer a fração hidráulica e assim por diante. Este é um jeito interessante, contudo deve ser bem administrado e requer mais aplicação tua pela contratação, acompanhamento e interação entre as equipes de serviço. eu pensei sobre isso . Existe os empreiteiros que pegam a obra inteira para fazer, excluindo apenas outras, como pintura e cota elétrica, por exemplo.


É uma boa opção dado que você neste momento fica sabendo quanto irá gastar de mão de obra antes mesmo de começar a construção e com isso tem também uma única equipe trabalhando. Existe ainda a opção de você mesmo fazer a sua moradia, isto, no momento em que você tem alguma noção de construção. Com exceção de determinadas etapas, boa fração da residência pode ser criada devagar, nos finais de semana ou períodos de folga. Há muita gente que faz isso e a vantagem é Navegue para este site com mão de obra.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *